• DIREITO DE FAMILIA E SUCESSÕES:

 

 

    A Advocacia Zaccaro está sempre à disposição também quanto o assunto é No Direito de Família, prestamos serviços de natureza consultiva e contenciosa, extrajudicial e judicial relacionados a separação, divórcio, Alimentos, Partilha, Guarda de Filhos, Regime de Bens, Direitos e Deveres dos cônjuges e Companheiros, entre outros. Estamos sempre prontos para lhe atender com a melhor solução técnica para seu caso jurídico.

03.jpg

- FAMILIA E SUCESSÕES:

 

 

      O Direito de Família e Sucessões é prestado tanto na esfera judicial quanto na extrajudicial, afim de alcançar a solução correta e de modo consensual, visando gerar menos desgaste emocional, junto com a solução dos interesses de ambas as partes, dos filhos e principalmente de nosso cliente. A prestação de serviço sucessório, tem o objetivo de buscar as melhores soluções financeiras, em especial em questões que envolvam a sucessão em empresas familiares, trabalhamos sempre com o sigilo e respeito a ambas as partes.

04.jpg

- INTERDIÇÃO DE INCAPAZES – TUTELA e CURATELA

 

 

     Há momentos na vida em que a pessoa seja em razão da idade ou de problemas de compreensão que impossibilitem ela de reger os atos da sua vida civil deverá ser declarada incapaz para tais atos e para isso deverá ser nomeado um tutor (quando se tratar de menores) ou um curador (quando se tratar de maiores de idade) para proteger e administrar os bens do interditado

inventario menor ainda ok .jpg

INVENTÁRIO EXTRAJUDICIAL E JUDICIAL

 

 

     Quando alguém falece e deixa bens há necessidade de fazer o inventário em que se distribuirá entre seus herdeiros. Tratando-se de maiores capazes e todos de acordo o inventário pode ser feito em cartório com toda segurança jurídica e rapidez na presença do advogado. Do contrário terá que ser feito judicialmente através do nosso corpo jurídico que estará a disposição para te auxiliar nesta tarefa que é uma das mais árduas da vida. 

 

12.jpg

- DIVÓRCIO EXTRAJUDICIAL E JUDICIAL CONSENSUAL OU LITIGIOSO:

 

     Quando não há mais convívio marital entre cônjuges não há outra forma senão o divórcio, que também pode ser realizado de forma extrajudicial, em cartório, quando não tem filhos menores, tudo bem mais simples, de forma rápida e resolvido o seu problema em até aproximadamente uma semana. Já quando há filhos menores ou incapazes única solução é a justiça em que pode ser na forma consensual ou litigiosa, a primeira quando há um consenso entre as partes envolvidas e a segunda não em que estabelecerá a partilha de bens e dívidas, guarda dos filhos, direito as visitas e pensão alimentícia e uso do nome.

01 - Familia (1).jpg

- PENSÃO ALIMENTÍCIA AOS FILHOS E AOS CONJUGE: 

 

 

      Em caso de separação, um dos cônjuges pode ter a obrigação de pagar pensão alimentícia aos filhos ou ainda para o outro cônjuge, para ajudar em seus custos com alimentação, vestuário, gastos e moradia. No primeiro caso é devida até que eles completem 18 anos ou até os 24 anos, caso comprovem a necessidade de estudo. Já no segundo é devido desde que se comprove a real necessidade.

02 -.jpg

-  ADOÇÃO:

 

 

     A adoção é um ato jurídico solene pelo qual se estabelece um vínculo de paternidade e filiação entre quem adota e o adotado, independentemente de qualquer relação natural ou biológica de ambos. É conhecida como uma filiação civil, necessitando de um desejo do adotante em trazer para sua família, na condição de filho, alguém que lhe é estranho, neste caso o escritório auxílio o cliente junto a todo processo.